Quando nasce um pai?
Arte: Histori-se

QUANDO NASCE UM PAI?

Eu não sei!

Creio que não exista um momento único e válido para todas as experiências de paternidades; contudo – observando papais que exercem paternidades ativas – ouso dizer:

pais nascem quando se sentem pais.

***
PATERNIDADE: uma construção sociocultural
Pais exercendo ativamente as suas paternidades.
Arte: Histori-se

Pai, assim como mãe, é uma construção sociocultural; contudo, o exercício da paternidade, assim como o da maternidade, é uma experiência pessoal
(lembrando que o pessoal não está desconecto do coletivo).

O Dia dos Pais, no Brasil, é uma data criada com fins de mercado na década de 1950 e, apenas na década de 1970, ganhou relevância publicitária e comercial.

Deixando de lado sua raiz mercadológica, o Dia dos Pais é, também, uma oportunidade para refletirmos sobre paternidades.
E sobre maternidades. Por que não?

Entre os diversos caminhos e nuances, creio que não devemos confundir maternidades solos com paternidades.

Há muitas mulheres que criam os seus filhos e filhas sozinhas e que o fazem muito bem.
Há as que criam junto com outras mulheres e, também, o fazem muito bem.
São mães.

Penso que falar em paternidades envolve, também, dizer de masculinidades e de homens em suas diversidades.

Passa pela lembrança de que o machismo é uma marca muito forte na tessitura de nossa sociedade.

***

PATERNAR?

O termo ‘paternar’ me remete à amorosidade, aos cuidados cotidianos, a limites e a encorajamentos.

De repente, lembro do meu pai.

Recordo o zelo de alguns amigos para com suas crianças. Digo do pai, dos meus filhos. Do meu cunhado. Dos meus dois irmãos.

Esses dias, olhando algumas fotografias de família, dessas tiradas sem pose, quase sem o conhecimento do fotografado, reparei algumas faces tomadas pelo olhar apaixonado pelos seus bebês…
Eram fotografias de papais da família.

Dia desses, meu irmão postou uma fotografia com sua filha no carro. Ele sorrisão. Ela sorridente.

A legenda dizia:
Hoje ela vai trabalhar com o papai “.

logomarca Histori-se

Notas:

As fotografias utilizadas para as artes das imagens pertencem à biblioteca do Canva. Autorias das fotos originais não conhecidas.

marca Histori-se

Veja mais de Patrícia Rodrigues Augusto Carra
Programa Pensamento Sonoro com a atriz, cantora e brincante Ana Cacimba
CANTO & ANCESTRALIDADE - "O canto é o que me move".
leia mais