Frida Kahlo. Imagem de 1932 - domínio público.
Frida Kahlo - 1932 - Fotografada por Guillermo Kahlo.
Inspiração e ícone

Frida: ícone

Olhar para a biografia de Frida Kahlo, para sua imagem pública e para suas pinturas nos leva a perceber: ela pintou o que enxergou na sua realidade, o que sentiu e/ou ressignificou de suas dores, amores, ideias, faltas, paixões, sonhos.

Frida nos legou uma imagem de si.

Uma imagem que, agora – século XXI – ainda socio e politicamente, é desenhada: forte, inspiradora, livre ou engajada na ideia de sê-lo.

Assim, em geral, a personagem Frida Kahlo nos alcança.

Nos vários desafios que enfrentamos, muitas de nós – mulheres diversas – lembramos a força e o colorido de Frida quase como um ícone inspirador.

Parece que a conhecemos de janelas, mas nem sabemos se ela levantaria todas as bandeiras que sua imagem e arte, hoje, auxiliam a carregar.

Mas lá, em seus autorretratos, ela – ainda que sem intenção – nos inspira a pintar a vida com cores vívidas, a enfrentar dores, a viver amores, a buscar conhecer e conhecer-se, a engajar-nos nas causas que tocam o nosso espírito, a nos reinventar quando preciso ou desejado para seguir.

Exponho uma interpretação pessoal derivada do meu olhar para a arte de Frida e para o ícone que a artista representa na atualidade.

Madalena Carmen Frida Kahlo Calderón está nos autorretratos que produziu?
O tempo voa - Autorretrato de 1929
O tempo voa – 1929

Aprecio obras autorretratos de Frida e sim: enxergo energias, experiências e ideias da artista, mas nunca a vejo totalmente exposta. Percebo trechos de narrativas que, de seu universo, ela traz e deixa entrever através da mulher autorretratada presente nas telas.

Frida Kahlo, expôs-se em vários autorretratos, mas não tudo… Ela, a “La gran ocultadora” …

Penso: há caixinhas que só a gente abre. Há textos que nem todo mundo está apto à leitura. É salutar e nosso direito cuidar de partes de nossos jardins e ranhuras com o nosso tempo… no nosso ninho.

Frida Kahlo inspira em parte por ter se autorizado a ser heroína de sua existência, no seu tempo e nas suas realidades.

Notas biográficas:

  •  Madalena Carmen Frida Kahlo Calderón é o nome completo da pintora mexicana.
  • Frida nasceu em 06 de julho de 1907 na Cidade do México, na localidade de Coyoacán. Faleceu em 1954, aos 47 anos.
  • No ano de 1913, foi vítima de poliomielite. Em 1925, foi vítima de um grave acidente. Esses dois acontecimentos marcaram seu corpo, espírito e arte.

 “Pinto a mim mesma porque sou sozinha. Sou o assunto que conheço melhor”
(KAHLO, 1995, p. 14)

 

REFERÊNCIAS:
  • HERRERA, H. Frida: una biografía de Frida Kahlo. México: Editorial Diana, 1984.
  • KAHLO, F. O diário de Frida Kahlo: um auto-retrato íntimo. Rio de Janeiro: José Olympio, 1995.
  • KAHLO, F. Cartas apaixonadas de Frida Kahlo. Compilação Martha Zamora. Rio de Janeiro: José Olympio, 1997.
Sabia que a nova coleção (julho 2023) da Arabescko chamaCores de Frida> ?
logomarca Histori-seIncentive o projeto Histori-se.
Divulgue o site http://www.historise.com.br

Marca Histori-se

Veja mais de Patrícia Rodrigues Augusto Carra
Ser Solar
"Ao abrir as cortinas deixo a luz do Sol entrar [...]. A...
leia mais