Segunda Guerra Mundial

Eu e o Professor Léo Prado conversamos sobre o filme Resistência em uma live.
Resistência estreou no ano de 2020 e podemos entendê-lo como um drama histórico e biográfico.
O roteiro é datado no contexto da Segunda Guerra Mundial e baseado na biografia do artista Marcel Marceau.

Cena da mímica com o sopro
O ator Jesse Einsenberg interpreta Marcel Marceau.
  • A direção e o roteiro são de Jonathan Jakubowicz – cineasta e escritor venezuelano (nasceu em 1978).
  • Resistence é o título original.

ALERTA DE SPOILER

Se você não tolera spoiler, eu recomendo: assista ao filme e volte depois.

Leo Prado e eu não economizamos: contamos um monte sobre o filme. Por quê?
Como conversar sobre um filme sem falar sobre a história, o roteiro, as sensações que nos provoca, as cenas emocionantes?

Live cineminha com os amigos - Filme Resistência
Arte Histori-se
A ARTE PARA SOBREVIVER

Este – na minha opinião –  poderia ser um título para o filme. Explico.

Muitas pessoas assistem um filme sobre a resistência, a segunda guerra, o heroísmo .
Não estão equivocados.

 A questão é que eu vi um filme também sobre o valor e o poder terapêutico da arte.

Nada significa mais resistência e é mais revolucionário que a arte.

RESISTÊNCIA: O FILME

1938

A narrativa tem início na Alemanha nazista, na cidade de Munique – capital da Baviera – no dia 09 de novembro de 1938, data da Noite dos Cristais.

É frio!  Muito frio! Pense: nesse período do ano, a temperatura em Munique – muitas vezes, varia  de 5 a –5 graus.

A cena terna de pais colocando a filha para dormir é tensionada quando a menina questiona a razão do ódio alemão pelos judeus.

A família é judia.
O cabelo do pai com a presença de dois cachos – um de cada lado do rosto/têmporas (peot) – indica serem ortodoxos.

___Por que eles odeiam a gente? (Elizabeth)
___Não há resposta simples… (pai de Elizabeth)

Pai e mãe deixam a criança no quarto. Pouco depois … ela (Elizabeth) ouve barulho de nazistas em sua casa, vê os pais serem levados para fora do prédio.

A câmera nos leva para junto de Elizabeth que a distância vai acompanhando …. os pais, obrigados a saírem do prédio e – na sequência – agredidos e assassinados na rua.

Corte de cena

O título Resistência surge na tela

Novo corte na cena –  Já não estamos em 1938. É o ano de 1945, ainda na região da Baviera, só que não em Munique.

A cena acontece na cidade de Nuremberg e é o comandante das tropas aliadas – General Patton – quem apresenta Marcel Marceau para os militares e para nós, espectadores. 

A partir da conclusão de que “coragem é diferente de não ter medo”, ele compartilha a história do artista.

Cartaz do filme Resistência . Título original, Resistence.
Cartaz de divulgação do filme.
1938 – Estrasburgo (leste da França)

No ano de 1938, em Munique,  Elizabeth tem sua vida invadida pela violência nazista.
Em Estrasburgo, um garoto de 15 anos
admira Charles Chaplin, sonha ser ator e busca este ideal.
O garoto é Marcel Marceau. 

Embora a guerra esteja se desenrolando no cenário europeu, a uma pequena distância de onde mora, Marcel não demonstra interesse em se envolver nesse conflito.

O que o faz mudar de opinião?

Marcel não aspirava envolvimento com a guerra; dois fatores o levam a esse proceder:

  • Um primo, o irmão e amigas atuam junto a uma associação no resgate e nos cuidados de órfãos do nazismo. O uniforme que usam remete a escoteiros… Uma das moças atuantes nessa causa é Emma: a paixão de Marcel.
  • George, primo de Marcel, solicita a ajuda do artista para a missão de receber e acolher 123 crianças resgatadas da Alemanha nazista, mediante suborno.

George percebe a arte como bálsamo para facilitar o acolhimento dessas crianças. Marcel é o artista possível.

Entre as crianças resgatadas, está Elizabeth.

A GUERRA ALCANÇOU MARCEL

Marcel pensava que ficaria longe da guerra?
Se pensava, o conflito o alcançou, assim como atropelou um monte de outras pessoas.

NOSSA CONVERSA

Assista nossa live. Veja o filme.

marca Histori-se

ANOTAÇÕES

❤️ Veja mais sobre o assunto no post Resistência na França de Vichy

  •  Nuremberg – assim como Munique, pertence à Baviera (Alemanha). No ano de 1935, a cidade foi a primeira a implantar as Leis Raciais contra judeus e eslavos.
    No período de 1945 a 1949, a cidade abrigou o conhecido “Julgamento de Nuremberg”.
  • O militar que se dirige às tropas aliadas é uma alusão ao general George Smith Patton (1885-1945): militar norte-americana que lutou nas duas grandes Guerras. Figura polêmica.
  • O roteiro do filme tem como base a biografia de Marcel Mangel (1923 -2007), conhecido como Marcel Marceau.
  • Estrasburgo pertence à região da Alsácia-Lorena. É uma cidade francesa que faz fronteira com a Alemanha às margens do rio Reno.
    Estrasburgo (ou Strasbourg) está localizada na margem esquerda desse rio.
  • É importante entender que a Alsácia-Lorena é alvo de disputas antigas entre os dois países.
    Em 1871, aconteceu a Guerra Franco- Prussiana e uma das consequências desse conflito foi o domínio da região da Alsácia-Lorena pelos alemães.
    Mas, após a Primeira Guerra Mundial, o Tratado de Versalhes devolveu a Alsácia-Lorena para a França.
    Durante a Segunda Guerra Mundial, a região retornou para o controle alemão (1940), mas, no ano de 1945, com a derrota da Alemanha nesse conflito, o cobiçado território voltou para o domínio francês.
Como citar este post?

CARRA, Patrícia R. Augusto. Resistência. Histori-se, 2023. Disponível em < https://historise.com.br/resistencia/ > . Acesso em: dia, mês, ano.  ISSN número 2763-8790.

logomarca Histori-se

Incentive o projeto Histori-se.
Compartilhe o conteúdo de Histori-se.
Divulgue o site http://www.historise.com.br
Veja mais de Patrícia Rodrigues Augusto Carra
Ser Solar
"Ao abrir as cortinas deixo a luz do Sol entrar [...]. A...
leia mais